Sustentabilidade na Ferrero

O gigante global das guloseimas Ferrero estabeleceu o padrão de ouro da indústria nas suas instalações de fabrico em Belsk, na Polónia, ao colaborar com a Trane no sentido de adotar sistemas ambientalmente responsáveis e eficientes em termos energéticos. Recentes melhorias de poupança de energia em oito fábricas, pensadas para cumprir um compromisso empresarial global com a sustentabilidade, são parte da caminhada da Ferrero rumo ao resultado pretendido: edifícios de elevado desempenho.

As soluções eficientes implementadas pela Trane na fábrica de Belsk fazem todo o sentido em termos ambientais e fiscais, ao mesmo tempo que demonstram o compromisso global da Ferrero com a eficiência energética e operacional e a sustentabilidade.

Os melhoramentos na fábrica de Belsk foram realizados de forma a cumprirem os objetivos europeus de sustentabilidade estabelecidos pelos responsáveis da empresa. Os responsáveis da Ferrero planeiam cumprir os seguintes objetivos energéticos e de sustentabilidade:

  • Atingir 30 por cento de utilização de energia de fontes renováveis

  • Reduzir as emissões de CO2 em 40 por cento e o consumo de água em 20 por cento

  • Usar instalações de cogeração ou recursos renováveis para gerar 100 da energia elétrica

A Ferrero Polska incorporou os objetivos globais de sustentabilidade da empresa como parte de um novo esforço de construção realizado em cooperação com a Trane, com início em 2001. Desde então, a Ferrero Polska concluiu mais de 20 projetos em oito edifícios principais com vista à criação de ambientes sustentáveis, eficientes em termos energéticos e operacionais e confortáveis.  

Todos os sistemas AVAC nas instalações estão totalmente integrados com o sistema Trane de automatização e controlo do edifício, permitindo à Ferrero, em simultâneo, otimizar cada unidade para os níveis máximos de conforto, produtividade, operacionalidade e eficiência energética.

História anterior

Sustentabilidade na Country Financial

História seguinte

Sustentabilidade no Intesa Sanpaolo